Por que capacitar profissionais de liderança com m-learning para EAD

líderes segurando celulares em que praticam o m-learning para EADReuniões externas, demandas dos subordinados e incontáveis projetos para acompanhar: o dia a dia de um líder na empresa é agitado. E no meio de tantas tarefas, ele ainda deve encontrar tempo para se qualificar. Nessa correria, uma alternativa eficiente é o m-learning para EAD. Na prática, é usar smartphones e tablets para estudar (o “m” é de móvel, ou seja, aprendizagem móvel).

Das ações de treinamento e desenvolvimento (T&D) realizadas nas empresas em nosso país, 51% focam em líderes: profissionais da alta liderança, gerência e supervisão. O dado é do Panorama do Treinamento no Brasil 2017. Mas como a rotina desse público é incerta, vira um desafio qualificá-lo com eficiência.

Para atender essa demanda, a educação a distância foi a primeira alternativa aos tradicionais treinamentos presenciais. Em 2017, a maioria das companhias que investiram em qualificação usaram o e-learning nas ações de T&D: 77%. Essa modalidade se destaca pela flexibilidade de horário e local para estudar.

Contudo, o mercado sempre exige mais, e, novamente, os gestores de pessoas foram obrigados a inovar para treinar e capacitar os líderes de suas empresas. Esse cenário levou à adoção do m-learning para a EAD.

O uso de smartphones e tablets como plataformas de e-learning cresceu 38% em 2017, comparado ao ano anterior. É simples o raciocínio: se eles usam o smartphone para tudo, por que não para se qualificarem profissionalmente?

Tanto na tecnologia quanto no conteúdo, as soluções de educação a distância se combinam perfeitamente aos dispositivos móveis. Alguns exemplos:

  • Design responsivo: conteúdos adaptáveis ao tamanho de qualquer tela.
  • Microlearning: materiais de curta duração.
  • Gamification: elementos de games na educação.
  • Videoaula: treinamentos gravados em vídeo por instrutor.
  • App de ensino: plataformas de EAD específicas para mobile.

Com suporte desses recursos, você consegue empregar o m-learning para EAD em seus programas de qualificação voltados aos líderes de sua empresa.

Maior engajamento com m-learning para EAD

A grande vantagem de adaptar os treinamentos à rotina do público é o aumento do engajamento. Uma das principais causas de evasão de cursos on-line é a falta de tempo para realizá-lo. Com a possibilidade de acessar o conteúdo no smartphone a qualquer momento, tempo não seria mais o problema.

Aprendizagem em dispositivos móveis foi tema de outro post em nosso blog. Nele, explicamos por que essa prática vale a pena não só para líderes, mas para todos os projetos de e-learning corporativo. É uma boa oportunidade para você entender melhor sobre o assunto e seguir com sua ideia de aplicar m-learning para EAD na sua empresa.

Acesse já o artigo sobre mobile learning nas empresas!

Imagem via Freepik

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *