Videoaulas, pílulas de conteúdo e produção de teasers: despertando a curiosidade do espectador

Um estudo publicado em 2014 pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) revelou que a videoaula é o meio preferido no país para estudar a distância. Isso se deve, provavelmente, a evolução da tecnologia, a flexibilidade e a facilidade de acesso que os dispositivos móveis geraram.

Quando falamos de educação, não nos referimos apenas ao ensino acadêmico, mas também a treinamentos corporativos e palestras, e sabemos que, atrair a atenção dos alunos ou colaboradores e conseguir aprovação dos conteúdos, não é uma tarefa fácil. Por isso, mesmo com um conteúdo de qualidade, é necessário pensar em formas de atrair e captar o interesse do seu público.

Você pode estar se perguntando: “O que teasers têm a ver com isso?”

O termo “teaser” vem da palavra inglesa tease, que significa “provocar”. O teaser é uma técnica de marketing para atrair o público com uma pequena amostra do que será o produto final.

Essa técnica se tornou uma boa forma de ganhar mais visualizações e atrair espectadores, sem tanto investimento de tempo e recursos. A intenção do teaser — seja de filmes, séries, ações de marketing ou campanhas publicitárias — é de gerar curiosidade por meio de “pílulas de conteúdo”, provocando interesse no espectador sem entregar o resultado final.

A pílula de conteúdo é uma estratégia que consiste em “quebrar” o conhecimento em partes pequenas, porém, suficientes para garantir um aprendizado específico ou entregar uma mensagem. Uma característica desse método é a compatibilidade com os dispositivos mobile, por isso, ele está muito relacionado ao m-learning (mobile learning) e se tornou indispensável para o ensino a distância.

Com a facilidade de acesso através dos dispositivos móveis, o diferencial das videoaulas e a redução de conteúdo sem perda de qualidade, os colaboradores podem reforçar o conhecimento já adquirido e facilitar a absorção do material.

Quer saber mais sobre mobile learning?

Leia:

Mobile learning traz a possibilidade de ensinar e aprender em qualquer lugar

Mobile learning aumenta motivação e interesse do aluno

Gostou do texto? Compartilhe com seus amigos.

 

2 pensamentos em “Videoaulas, pílulas de conteúdo e produção de teasers: despertando a curiosidade do espectador

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *