EAD mobile: o processo de aprendizagem como parte do cotidiano

É impossível negar que a tecnologia mobile ocupa, cada vez mais, tempo e espaço na vida das pessoas. Segundo o eMarketer, já são mais de 137 milhões de usuários mobile no país.

Fotografias, troca de mensagens, visualização de mapas, pagamento de contas e até o despertador, todas essas coisas nos levam a algo em comum: o smartphone.

Um estudo global, encomendado pelo Google e realizado pela TNS, indica que no Brasil, 72% dos usuários de smartphones acessam a internet todos os dias diretamente de seus aparelhos móveis. Destes, 20% utilizam a internet somente do seu celular. Com esse crescimento exacerbado, a procura pela aprendizagem no meio digital e móvel trouxe ainda mais visibilidade ao Mobile Learning — formato de ensino que une a Educação a distância (EAD) com os dispositivos móveis.

caderno, celular e tablet para EAD mobile

Basicamente, tudo o que um dia só foi possível através dos computadores de mesa, agora pode ser feito em qualquer lugar, graças ao mobile e sua facilidade de integração com diversas estratégias e sistemas.

O mobile, através dos Ambientes Virtuais de Aprendizagem (AVAs), permite que mais pessoas participem de capacitações profissionais e de cursos acadêmicos, com a flexibilidade e comodidade de se utilizar o dispositivo disponível em mãos.

A interação das redes sociais no ambiente de aprendizagem

O mobile, assim como as mídias sociais, facilitou a comunicação em tempo real e, no contexto do mobile learning, torna a aprendizagem um processo social, criando nos ambientes de aprendizagem um espaço de conhecimento colaborativo e interativo entre os usuários, assim como acontece nas mais diversas redes sociais.

Aprendizagem “On The Go”

O conceito da aprendizagem “On The Go” parte do pressuposto que o usuário tem mais liberdade para aprender da forma como desejar, aonde quer que ele vá. Os conteúdos pensados para mobile podem ser acessados a qualquer momento e em qualquer lugar, engajando ainda mais o aluno pela forma “livre” de estudo.

Infinidade de recursos de mídia e áudio

São imensas as possibilidades de uso de recursos nas ferramentas de mobile learning, gerando maior interesse dos alunos. Todas as ações realizadas dão a impressão de que, constantemente, descobre-se algo novo, seja através de áudios games, e-books, infográficos ou vídeos.

Facilidade de navegação, esclarecimentos e conectividade

É possível, através de uso de mobile learning, a realização de diversas ações de estudo, como compartilhamento de dúvidas, esclarecimentos, troca de opiniões e informações entre os colegas, entre outros.

Aprendizado de forma natural

O EAD Mobile se tornou um facilitador para a educação e faz com que o processo de aprendizagem não seja algo forçado. Com a junção do mobile e da educação, a ação de se informar passa a ser uma rotina, e desta forma, o processo de aprendizagem passa a ser natural no cotidiano.

Um ótimo exemplo de ferramenta que une usabilidade, mobilidade e educação, é o App webAula, que funciona em smartphones e tablets. A plataforma ajuda a gerenciar, distribuir treinamentos, informações e materiais de universidades corporativas ou instituições de ensino, em qualquer lugar que o aluno esteja.

Quer saber mais sobre mobile learning?

Leia:

Gostou do texto? Compartilhe com seus amigos.

Imagem via Freepik

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *